Quem é a Teté? - Totós da Teté

Quem é a Teté? - Totós da Teté

 

Oi! Eu sou a Teté.

Vou contar um pouco da minha história e por que decidi realizar este projeto.

Minha relação com animais começou muito cedo. Aos oito anos, vi um gatinho em uma caixa abandonado na rua e não tive dúvidas: levei o “pretinho” para casa e o escondi no meu quarto. Após minha mãe descobrir, negociei com ela que não iriamos abandoná-lo até alguém o adotar. Mal sabia eu que esta experiência era um sinal do meu futuro.

Tive coelho, peixes e tartaruga, mas tudo mudou quando ganhei meu primeiro cachorrinho: a Melissa, uma amiga inseparável. Logo depois, eu comecei uma campanha em casa por um segundo cachorrinho. Assim veio o Hermés, e junto com ele, mais responsabilidade.

Com dezenove anos, encontrei o homem da minha vida.  Da nossa relação, nasceu uma vontade enorme de crescer a família de totós. Logo vieram a Mary, o Chubby e a Sophie. Cada um com uma personalidade diferente e única.

Eu me formei em Relações Internacionais. Sempre tive o sonho de poder contribuir na relação entre os países, tornando o nosso planeta um lugar melhor. Passei por experiências difíceis na véspera da minha formatura.

Em apenas um ano, perdi a Melissa e a Mary de uma forma muito dura; logo depois o Hermés perdeu a visão do olho esquerdo enquanto brincava no jardim.

Entendi que estas experiências difíceis tinham um propósito, já que me tornaram mais preparada e determinada para seguir o caminho que eu havia escolhido: dedicar-me aos totós.

Busco através desse projeto educativo uma conexão entre nós e os cães. Não estarei apenas trabalhando para o bem-estar dos totós, mas contribuindo para que as pessoas também incorporem amor e respeito.

 

Receba nossas novidades!

Receba em seu e-mail alertas e dicas exclusivas do nosso site gratuitamente.